Uma reorganização de suas autopistas urbanas está em curso.

Evitamiento lima

Via de Evitamiento

Um mega projeto de reorganização viária de Lima, capital do Peru, contará com 25 quilômetros de obras, 16 dos quais correspondem à chamada Vía de Evitamiento e os nove restantes à Linha Amarela, que conectará o bairro de Callao, região metropolitana.

As obras são parte de uma parceria público-privada concedida pela prefeitura de Lima em 2009 ao consórcio Lamsac, que é composto pela francesa VINCI Highways e empresas locais.

A VINCI Highways é parte do grupo VINCI, que tem sob concessão 4 mil quilômetros de rodovias na França e 3 mil no resto do mundo, com presença em mais de 10 países, como Canadá, Alemanha, Grécia, Rússia, e na América Latina está na Colômbia e no Peru.

O investimento previsto para o projeto em Lima é de mais de US$ 700 milhões, incluindo os 25 km mencionados acima, porém também com a previsão de um túnel sob o rio Rímac, que terá extensão de 1.800 metros e mais 13 viadutos que serão uma alternativa de tráfego entre as pontas leste e oeste da capital.

Os melhoramentos na Vía de Evitamiento incluíram a construção de uma pista adicional de 9 km em ambos os sentidos. Também foram renovados o pavimento e a sinalização. Nove novas passarelas de pedestres, algumas com elevadores, foram instaladas, e 10 quilômetros de malhas de segurança foram instalados nos canteiros centrais e laterais.

Outro ponto que está sendo trabalhado é a pintura e revestimento das passarelas e paradas de ônibus ao longo da via. E ainda, 15 hectares de áreas verdes próximas serão recuperados.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters