Após vários adiamentos, concessionária entrega obras e começa a explorá-la por 40 anos. 

túnel rimac

A prefeitura da capital peruana recepcionou e inaugurou na semana passada a via expressa Línea Amarilla, após vários adiamentos no processo de construção. A autopista urbana tem nove quilômetros, o que inclui um túnel sob o rio Rímac, e permitirá aos limenhos se deslocar desde Ate, numa ponta da cidade, até Callao, na outra ponta, em somente 20 minutos.

A concessionária LAMSAC, subsidiária da francesa Vinci Highways, emitiu comunicado em que afirma que “esta solução viária dará a Lima modernidade, fluidez e tecnologia numa via expressa que complementa os 16 quilômetros da Vía de Evitamiento del Trebol ao Óvalo Habich”.

Entre outros pontos interessantes do projeto, destacam-se uma passagem em desnível, 13 viadutos e um túnel de quase 2 km de comprimento sob o rio. “O túnel conta com sistemas de segurança integrados e a mais alta tecnologia para dar às pessoas a melhor viagem”, disse o gerente geral da LAMSAC Laurent Cravois. A estrutura está fortificada com colunas de aço e concreto que, de acordo com a prefeitura de Lima, é capaz de suportar um terremoto de até 9 graus Richter.

“Obviamente, um terremoto desta magnitude poderia gerar algumas fissuras, mas o importante é que a obra não vai colapsar”, afirmou Jaime Villafuerte, da prefeitura de Lima.

A concessionária LAMSAC administrará a Línea Amarilla por 40 anos.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters