Mercado do México passa a integrar administração da região América Latina.

A maior fabricante mundial de cimento e materiais de construção, LafargeHolcim, anunciou mudanças na sua estrutura de alta direção, de maneira a “ter uma administração mais ágil e focada no mercado”. O comité executivo será reduzido a nove membros.

De acordo com a companhia, a definição da nova estratégia implicará maiores responsabilidades de suas operações nacionais tanto por lucros como por prejuízos, com mais ênfase no desenvolvimento de estratégias vencedoras. As 30 maiores organizações nacionais da empresa se reportarão diretamente ao comitê executivo, e o negócio global será unificado sob a liderança única do conselho.

Anunciou-se que Marcel Cobuz a partir de agora é o líder da região europeia e passa a integrar o conselho. Com 47 anos, ele substitui Roland Köhler, que se aposenta após mais de 30 anos de trabalho. René Thibault será o líder para a região América do Norte e também integrará o comitê.

No que se refere a sua organização gerencial e geográfica ao redor do mundo, as regiões serão reorganizadas de acordo com suas similaridades. Assim, o México será um mercado a sair da região América do Norte e terá sua gestão transferida para junto do grupo de países da América Latina.

Austrália e Nova Zelândia, que eram parte da região Europa, se juntarão à gestão da região Ásia. Por sua vez, a China passará a se reportar diretamente ao CEO Jan Jenisch.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters