A Komatsu está fechando temporariamente suas instalações de fabricação na Europa, no Brasil e na Índia. Suas fábricas no Japão continuam funcionando, assim como suas unidades na China.

“Em resposta às políticas dos diferentes governos, estamos trabalhando para evitar que o coronavírus se propague, já que damos a máxima prioridade à saúde e segurança dos clientes, das comunidades locais e dos empregados”, disse a empresa em comunicado.

Assim, algumas fábricas da Komatsu vão paralisar a produção temporariamente. “Nas bases comerciais em operação, estamos implementando uma grande quantidade de medidas, que incluem o controle da temperatura das pessoas, o uso de máscaras faciais, os deslocamentos flexíveis, a proibição de viagens de negócios e o trabalho remoto”, acrescenta.

A fábrica italiana da Komatsu fechou no dia 26 de março, e continuará assim até 3 de abril. A unidade da Alemanha fechará de 4 a 13 de abril, e a fábrica do Reino Unido, de 30 de março a 17 de abril. Na Índia, a fábrica ficará fechada de 24 a 31 de março, e a do Brasil ficará fechada de 6 a 21 de abril.

A Komatsu disse que estava trabalhando com suprimento cruzado, e a aquisição de máquinas e peças terminadas, para absorver o impacto das mudanças na demanda e nas taxas de câmbio.

“Embora estejamos planejando parar a produção de algumas plantas fabris, não há efeitos críticos na produção do Grupo Komatsu para o ano fiscal de 2019, devido à aquisição alternativa e à redesignação de inventário”, disse a companhia.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters

Temas