JCB Loadall Business Unit 5

A JCB reduzirá seus níveis de produção no Reino Unido devido à forte possibilidade de faltar componentes provenientes da China, por causa do Coronavírus.

Isto significará uma semana mais curta de trabalho para cerca de 4 mil empregados na fábrica e outras unidades da empresa, começando no dia 17 de fevereiro.

A decisão foi discutida com o sindicato dos trabalhadores. A semana de trabalho de 34 horas durará pelo tempo que for necessário, sem prazo definido. Os trabalhadores da JCB receberão por uma semana de 39 horas, e as horas não trabalhadas entrarão em um banco de horas, para reposição futura.

O COO da JCB (chief operating officer), Mark Turner, disse que “a interrupção do fornecimento de componentes no Reino Unido vem num momento em que a demanda por produtos da JCB está muito forte, por isso temos que tomar esta decisão que é absolutamente necessária para proteger os negócios e nossa base de trabalhadores, ainda que seja uma medida muito infeliz”.

“A produção no Reino Unido ainda não se viu afetada pela situação na China. Não obstante, mais de 25% dos fornecedores da JCB na China estão fechados, e os que reabriram estão trabalhando com capacidade reduzida, com muita dificuldade para exportar. Portanto, está claro que o fornecimento de certos componentes da China será interrompido nas próximas semanas até que nossos sócios consigam voltar a produzir. Inevitavelmente, isto significa que não teremos a quantidade de componentes necessários para fabricar os equipamentos previstos no curto prazo”, afirmou.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters

Temas