O primeiro semestre da indústria cimenteira no Brasil foi de crescimento. O setor registrou alta nas vendas de 2,9% em relação ao mesmo período do ano passado. O número se traduz em um despacho de 35,9 milhões de toneladas, de acordo com o Sindicato Nacional da Indústria do Cimento (SNIC).

O crescimento semestral foi confirmado pelo dado de agosto, quando 5,1 milhões de toneladas de cimento foram vendidas no país, registrando assim um crescimento de 3% em relação ao agosto de 2018.

“Os indicadores estão se recuperando. O PIB da construção civil começou a reagir no segundo trimestre, assim como as vendas de materiais da construção civil, como vergalhões, pedras britadas entre outros”, afirma Paulo Camillo Penna, presidente do SNIC e da ABCP.

“O setor imobiliário continua sendo o indutor da demanda de cimento. O número de lançamentos acumulado até junho foi 15% maior do que o mesmo período do ano anterior”, disse Paulo Camillo.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters