Duas gruas MC 175 B e duas MC 125 estão participando em obra da polícia nacional. 

Los equipos están operando en la construcción del Hospital Central de la Policía Nacional Luis N. Sáenz.

As gruas estão operando na construção do Hospital Central da Policia Nacional Luis N. Sáenz.

As obras do novo Hospital Central da Polícia Nacional do Peru estão a todo vapor graças à ajuda de quatro gruas de torre Potain. Duas gruas MC 175 B e duas MC 125 estão agilizando o trabalho de elevação de moldes, blocos pré-fabricados e outros materiais para garantir que o novo hospital esteja pronto para inauguração no ano que vem. O novo prédio de seis andares está sendo construído no mesmo local do antigo hospital, no distrito Jesus Maria, em Lima. 

As quatro gruas Potain foram escolhidas pelo consórcio JJC & Dragados graças à capacidade de elevação e ao excelente custo-benefício das máquinas. O consórcio já tinha uma MC 175 B e alugou outras três gruas da ETAC Peru, revendedora Potain no país há 10 anos. Um guindaste Grove todo terreno GMK5100 também está sendo utilizado na obra para elevar elementos mais pesados. 

“Optamos pelas gruas de torre quando ficamos sabendo que, com a configuração certa, a MC 175 B poderia elevar até 8 toneladas e a MC 125 até 6 toneladas, o que era exatamente o que nós precisávamos. Outra opção seria usar guindastes móveis, mas o custo teria sido quatro vezes maior”, disse Carlos Rizzo, gerente de projetos do JJC & Dragados. “Este projeto precisa ser concluído rapidamente para que a comunidade policial de Lima possa usufruir dos benefícios deste hospital o quanto antes. Essas gruas Potain foram a escolha perfeita, pois seus mecanismos de elevação são muito mais ágeis do que os de outras gruas.” 

No canteiro de obras em Lima, as duas gruas MC 175 B estão configuradas com jibs de 40 e 45 m e elevadas a uma altura de 44 m. As gruas MC 125, por sua vez, estão configuradas com jibs de 50 e 60 m e trabalham com alturas de 45 e 40 m. 

A grua Potain MC 175 B pode elevar 1,4 t na extensão máxima de 60 m, sendo que sua capacidade de carga máxima é de 8 t. Essas especificações a tornam a melhor escolha para construções elevadas. A MC 125 tem capacidade máxima de 6 t e comprimento máximo do jib de 60 m. Ela pode elevar 1,15 t na extremidade máxima do jib. 

Carlos Villacorta, gerente-geral da ETAC Peru, conta que as gruas Potain se tornaram mais populares nos últimos 10 anos, pois os clientes passaram a conhecer melhor a agilidade dessas máquinas nos canteiros de obras e a observar o ótimo retorno do investimento. 

“Com o passar dos anos, os clientes foram conhecendo os benefícios das gruas de torre, especialmente a habilidade delas de concluir projetos mais rapidamente”, explica Villacorta. “Atualmente essas máquinas são muito mais populares. Estimamos que cerca de 75% de todas as gruas de torre novas vendidas no Peru sejam da Potain.” 

O novo hospital está sendo construído em uma área de 40.200 m2. A obra foi orçada em US$ 100 milhões e está sendo financiada com verbas do governo federal peruano. O novo hospital terá 80 consultórios médicos, 128 leitos, um centro cirúrgico e obstétrico, uma unidade de tratamento semi-intensivo e um heliporto. O hospital atenderá a policiais e seus familiares.

 

 

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters