Empresa de grãos terá direito a usar porto Galván até 2040, e anuncia investimento.

A Glencore, empresa dedicada à comercialização de grãos, investirá cerca de US$ 25 milhões no porto Galván, na Argentina. Se trata de um terminal dentro do porto de Bahía Blanca que é administrado pela empresa. O investimento foi anunciado após a prorrogação da concessão à Glencore até 2040.

Segundo a empresa graneleira, o investimento inclui certas melhoras na capacidade de carga, segurança e meio ambiente, em que se construirão três novos silos com capacidade de 6 mil toneladas por silo, além de novas zonas de descarga de caminhões e outros equipamentos acessórios para o funcionamento da instalação. “Este investimento faz parte de outros tantos que a Glencore está realizando na Argentina. Um deles é a ampliação na capacidade de produção da Renova, empresa em que é sócia e que é dona da maior moenda de soja do mundo”, indicou a empresa.

Em todo o mundo, o negócio da Glencore é composto por 274 instalações de armazenamento, 36 de processamento e 23 portos, entre outros ativos.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters