A construtora espanhola FCC está negociando com a justiça do Panamá uma multa que pode ficar em torno de US$ 20 milhões, por pagamento de subornos em troca de concluir uma investigação. A FCC teria pago subornos acima de US$ 90 milhões para obter contratos no país entre 2010 e 2014, especificamente nos projetos das duas linhas de metrô da capital e da Cidade da Saúde. 

Segundo o titular do segundo juizado central de instrução, Ismael Moreno, busca-se apenar os ex-diretores da FCC que participaram dos atos, mas também responsabilizar a empresa como pessoa jurídica. “A empresa não ativou nem aplicou nenhum protocolo dirigido a evitar o cometimento dos atos, nem implementou mecanismos de controle ou reação para detectar as atuações criminosas verificadas”.

CLA14/1FeatureFCC

Metrô do Panamá

 

A empresa emitiu um comunicado em que afirma que “os novos acionistas controladores do Grupo FCC, a partir de 2015, assim como seus novos Conselheiros e Diretores, desde quando tomaram conhecimento dos fatos, e em colaboração com as autoridades competentes, vieram com interesse de que se revise a fundo estes eventos, que infringem completamente nossos princípios de ética. O Grupo FCC está totalmente comprometido com a tolerância zero com a corrupção”.

Ex diretores

Os ex-diretores Julio Casla García e Eugenio del Barrio Gómez admitiram pagamento de 10% do valor dos contratos a funcionários públicos durante o mandato do ex-presidente panamenho Ricardo Martinelli. Os pagamentos teriam sido feitos através do testa de ferro Mauricio Cort, advogado com dupla nacionalidade panamenha e espanhola e que hoje está preso no Panamá.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters