Doosan excavator

O grupo coreano Doosan planeja vender sua participação na fabricante de equipamentos de construção Doosan Infracore, como forma de levantar recursos para reduzir o endividamento. Na Coreia, a informação divulgada afirma que a decisão não inclui a Doosan Bobcat. 

De acordo com múltiplos relatos divulgados na Coreia do Sul, o grupo recebeu um empréstimo de emergência de 3,6 trilhões de wons (cerca de 2,67 bilhões de euros), do Banco de Desenvolvimento da Coreia. O empréstimo veio após o resgate da divisão de engenharia e construção da companhia, a Doosan Engineering & Construction, que sofreu graves perdas por imóveis não vendidos. 

A participação de 36,27% na Doosan Infracore em poder da matriz Doosan Heay Industries & Construction é o único interesse que o grupo Doosan tem na fabricante de equipamentos de construção e motores diesel. O resto das ações são de livre flutuação no mercado, e estão em mãos de uma variedade de investidores institucionais, individuais e estrangeiros. 

Baseado no preço das ações da Doosan Infracore em meados de junho, as ações em seu conjunto poderiam valer cerca de US$ 660 milhões. 

A Doosan Infracore tem uma participação de 51,05% na Doosan Bobcat; e o restante das ações está no mercado. A Doosan adquiriu a Bobcat da Ingersoll-Rand em 2007. Separou-se do negócio de máquinas compactas em novembro de 2016 através de uma oferta pública de ações, mas reteve o controle acionário. 

A Doosan Bobcat representou 63% do lucro operacional da Infracore em 2019. 

Outros ativos a serem vendidos pelo grupo incluem a empresa de fabricação de componentes eletrônicos Doosan Solius e Doosan Mottrol, que fabrica componentes hidráulicos.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters

Temas