A Federação Iberoamericana de Concreto Usinado (FIHP, na sigla em espanhol) está convidando empresas concreteiras da Costa Rica para participar no projeto de fornecimento responsável de concreto, com o qual as concreteiras poderão demonstrar – através de uma certificação dada por uma entidade idônea – seu compromisso com princípios de construção sustentável.

A certificação de sustentabilidade do concreto será dada pelo Concrete Sustainability Council.

O CSC tem sede na Suíça e lançou em 2018 uma certificação mundial de fornecimento responsável de concreto, após quatro anos de preparação. O certificado revisa, além das licenças e cumprimentos legais e normativas, as atividades e os mecanismos que empresas produtoras de concreto têm para promover a sustentabilidade no fornecimento do material.

Até hoje, mais de 250 concreteiras, fábricas de cimento e pré-fabricadoras de concreto no mundo já têm este certificado. Conseguindo a certificação, empresas da Costa Rica seriam as pioneiras na América Latina a entrar neste grupo.

“A formalização na produção de concreto pode fazer com que a pegada de carbono seja reduzida em até 23% por metro cúbico em países como a Costa Rica”, disse o Diretor Executivo da FIHP, Manuel Lascarro.

Mais informação no link https://hormigonfihp.org/csc-2/news

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters