Obra em trecho de 46 km pode investir US$ 643 milhões, graças a túneis e viadutos.

O Consórcio H Solis TPF Ingeniería propôs ampliar um trecho de 46 quilômetros que comunica a ponte sobre o rio Virilla com o rio Sucio na Costa Rica, obra que está orçada em US$ 643 milhões e seria financiada com a cobrança de pedágios por 30 anos de concessão.

A proposta de ampliação do trecho viário foi apresentada ao Ministério de Obras Públicas e Transportes da Costa Rica pelo consórcio empresarial, e ainda está sob análise.

Além disso, informou a imprensa local, o objetivo é duplicar a pista de todo o trecho em questão. Assim, será necessário construir um túnel paralelo ao túnel Zurquí, que fica na Rita 32 do país. Além disso, se projetam dois viadutos e vários trechos rodoviários em dois níveis. Estruturas de contenção e anti-deslizamentos de terra estão no pacote.

Aceitando-se o modelo de concessão para o projeto, o governo costarriquenho abriria uma concorrência para contratar um consórcio que desenvolva a obra e cobre os pedágios para recuperar o investimento. O consórcio que elaborou a proposta pode participar da licitação, mas sem garantia de que será o escolhido.

Engenheiro da H Solis, Rodrigo Fernández disse que “os trabalhos consistiriam na duplicação do trecho que atualmente tem uma pista por sentido, e em alguns setores um esquema 2+1 (pistas de acesso) a uma rodovia com duas pistas por sentido. Será necessária a construção de viadutos e alguns trechos de rodovia em dois níveis”.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters