Construtora peruana já está em seu oitavo projeto sob esta modalidade.

Avances Reconstrucción del Templo del Señor de Luren

Obras na igreja Templo del Señor de Luren

A empresa de engenharia e construção peruana Cosapi anunciou que entre 2011 e 2017 realizou oito projetos financiados pela modalidade de “obras por impostos”, que em seu total implicaram investimentos de 351 milhões de Soles (cerca de US$ 106 milhões), o que representa 9,1% dos 3,96 bilhões de Soles que se investiram por este sistema, segundo a agência ProInversión, responsável pela gestão do mecanismo, entre 2009 e 2018.

Só no ano passado, a Cosapi adjudicou-se projetos pelo esquema de financiamento que totalizaram quase US$ 59 milhões, montante que representa 20% do destinado em 2017 para a execução de obras públicas com os tributos dos quais ficaram isentos as empresas para, em troca, financiar as construções.

Entre os projetos que estão em execução encontram-se a construção do Tempo do Senhor de Lurán, em Ica, financiada pela Shougang Hierro Perú; a melhoria e ampliação dos hospitais de Llata e Huarmey, em Huánuco, financiados pela Companhia Mineradora Antamina; a construção da nova Avenida Sánchez Cerro em Piura, financiada pelo INt7erbank, Backus Johnston e Cimentos Pacasmayo; e os Colégios de Alto Rendimento de Piura e Ica, financiados pelo BCP.

A elas se somam os projetos financiados e já finalizados, como a construção de calçamentos no Centro de Chupán, em Huari Áncash, e do Colégio Portocarrero de Callao, cujas obras foram financiadas pelas mineradoras Antamina e Volcán, respectivamente.

 

 

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters

Temas