Engemix e SENAI se associam para criar dispositivo de medição do volume descarregado na obra.

Engemix

A Engemix, concreteira do grupo Votorantim, firmou um acordo de parceria para o desenvolvimento de inovação que poderá impactar positivamente o serviço de entrega de concreto às obras.

Trata-se de uma iniciativa para criar um sistema de medição do volume exato de concreto que é entregue por um caminhão betoneira.

Em geral, os caminhões betoneira que são usados no Brasil têm capacidade de 8 metros cúbicos, mas uma cultura informal estabelecida ao longo dos anos aponta que às vezes o volume entregue fica aquém daquilo que foi adquirido pelo cliente.

A fim de resolver este tipo de problema, o projeto da Engemix é desenvolver um dispositivo de medição que vá acoplado à betoneira, para medir o volume de concreto na hora da descarga.

Para este projeto, a Engemix se associou ao Centro Integrado de Manufatura e Tecnologia do SENAI, e também com a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii)

“A iniciativa tem uma base de pesquisa e desenvolvimento, mas vai muito além da tecnologia. O projeto é inovador e vai contribuir para a Engemix levar a boa prática da formalização ao mercado, além de facilitar o controle de custos pelo cliente, tornando a relação entre a Engemix e nossos clientes cada vez mais transparente e confiável”, disse Ricardo Soares, gerente de concreto da Votorantim Cimentos.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters