Segundo dados de um relatório do banco Scotiabank, é projetado um crescimento no consumo de cimento do Peru, que este ano deverá fechar em 12 milhões de toneladas. O documento fundamenta sua projeção no investimento público, que deverá terminar o ano com crescimento de 5%, calcados principalmente em projetos locais no norte do país.

Além disso, o banco espera que o investimento privado não associado à mineração mantenha um nível similar ao mostrado este ano. Assim, estima-se crescimento no varejo com a construção de novos shoppings e centros comerciais, e grandes projetos imobiliários.

O investimento de concessionárias de infraestrutura deverá crescer este ano em torno de 10%, levando para cima a demanda por cimento e concreto. Obras na linha 2 do metrô de Lima, no aeroporto internacional da cidade, projetos rodoviários e um conjunto de obras em pequenos aeroportos regionais compõem esta demanda.

A mineração continuaria liderando o crescimento no Peru, com crescimento de 18% este ano esperado, em relação ao ano passado.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters