Mexico

O setor de construção do México deverá recuperar seu nível de atividade em 2020 e crescer cerca de 1,1%, de acordo com a consultoria de mercado GlobalData. Se o crescimento vier de fato, será uma reversão em relação à queda de 5,1% em 2019.

O crescimento é esperado devido aos esforços do governo federal mexicano em fortalecer os investimentos em infraestrutura pública e privada.

A economista da GlobalData Dariana Tani afirmou que “em novembro de 2019, o governo mexicano anunciou a primeira fase de seu ambicioso plano nacional de infraestrutura para o período 2020-2024, pelo valor de US$ 42 bilhões. O programa quer aumentar o valor investido em infraestrutura para mais de 5% ao ano, e produzir um crescimento econômico anual superior a 4% ao ano”.

“O plano consiste em 147 projetos de ferrovias, aeroportos e portos, além de telecomunicações, com a maior parte do capital proveniente do setor privado”, diz a especialista.

Não obstante, Tani afirma que as políticas de Andrés Manuel López Obrador podem afetar negativamente o nível de investimento.

O relatório da GlobalData cita ainda a corrupção como um dos principais problemas do México. Outro risco importante para a possibilidade de crescimento do México é a crescente tensão no comércio mundial, com menores níveis de receita pelo petróleo mexicano, fazendo com que seja mais difícil para o país a obtenção de suas metas fiscais.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters