Empresas começam a robotizar produção de casas, que são apenas montadas in situ.

Robotics

A empresa Blueprint Robotics, de Baltimore, Estados Unidos, está produzindo casas como se produz automóveis, ou seja, através de linha de montagem, usando robôs que pregam milhares de pregos sem errar e permanentemente. Um trabalhador opera uma máquina que levanta os pisos e as paredes e os embala em um caminhão plataforma. Dali, elas seguem embaladas ao lugar onde finalmente serão montadas.

Em meio às muitas preocupações de que a automatização dos processos de produção está eliminando postos de trabalho, empresas como a Blueprint Robotics estão ajudando a mitigar o problema de escassez de mão de obra que, nos EUA, já restringiu a construção de casas e propriedades comerciais. A produção em série permite às imobiliárias americanas ocupar o espaço do mercado de casas e pequenos edifícios por menor dinheiro e numa fração de tempo. A rede de hotéis internacional Marriott, por exemplo, está recorrendo cada vez mais à construção modular para algumas de suas propriedades.

Para satisfazer a crescente demanda, estão se abrindo plantas de alta tecnologia, muitas delas em zonas rurais da Pensilvânia, onde os custos de mão de obra são baratos. As firmas de construção contratam as fábricas para a manufatura das casas em seções, as quais são transportadas em caminhões, depois colocadas em suas fundações por guindastes, como se fossem um lego gigante. Às vezes, os módulos são cômodos inteiros, incluindo gabinetes para chuveiros e revestimentos de azulejo, e até cozinhas.

“Esta será a onda do futuro: se não for assim, não sei como resolveremos a escassez de mão de obra”, disse John Burns, consultor de construção de moradias em Irvine, Calofórnia. “O que estimula a construção modular é a capacidade de construir a casa de maneira mais rentável”, acrescentou. As construtoras residenciais nos EUA dizem que a escassez de mão de obra é hoje sua principal dificuldade, e que isso está fazendo subir os custos a uma média de até 5,2%, de acordo com pesquisas da Associação Nacional de Construtores de Residências com o banco Wells Fargo, no ano passado.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters