Sigla é de Novo Aeroporto Internacional da Cidade do México, que já toma forma.

Naicm mexico

A empresa espanhola Acciona Infraestuctura México começou a construção do Edifício Terminal do Novo Aeroporto Internacional da Cidade do México (NAICM). “São 24 estruturas gigantescas, são como cogumelos que vão sustentar todos os vãos e toda a estrutura de vidro”, disse o diretor da empresa Sergio Ramírez. Ele promete entregar a obra dentro do prazo. Calcula-se que aí trabalharão 5 mil pessoas até a inauguração do novo aeroporto, prevista para 2020.

A Acciona trabalha no projeto mais importante do México nestes dias junto a Operadora Cicsa, de Carlos Slim, ICA, Construtora Gia+A, Prodemex, Peninsular Companhia Construtora, FCC Industrial e suas filiais. A oferta para o edifício do terminal de passageiros foi de US$ 4,5 bilhões.

Esta obra será altamente amigável ao meio ambiente, pois atenderá os critérios específicos nas instalações mecânicas, elétricas e hidrossanitárias e de sustentabilidade, para obter a certificação LEED de sustentabilidade.

Entre otros aspectos que este trabalho considera, estão as tais 21 colunas em forma de cogumelo, as coberturas de alumínio e vidros cerâmicos para permitir o reuso de água de chuva e o uso de luz solar. Com isto, se reduzirá o custo de energia e o uso de água potável. O aeroporto terá recursos para gerar energia solar de 30 a 40 MW, e seus sistemas sanitários reduzirão o volume de rejeitos enviados sem tratamento.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters

Temas