Órgão de controle da concorrência viu paralelismo consciente de preços entre 2010 e 2012.

A Superintendência de Indústria e Comércio da Colômbia confirmou que vai aplicar sanções às três principais cimenteiras do país – Argos, Cemex Colômbia e Holcim Colômbia -, devido a suposta combinação de preços de cimento Portland Tipo 1 entre os anos de 2010 e 2012.

Argos e Cemex foram multadas em cerca de US$ 26,6 milhões. A Holcim Colômbia recebeu multa de cerca de US$ 19,4 milhões.

Além disso, os executivos da Holcim Colômbia foram multados em cerca de US$ 166 mil, e três executivos da Argos estão multados também em US$ 161 mil. Em ambos os casos os números são a soma das multas individuais.

A Cementos Argos respondeu à decisão do órgão de maneira enfática, rejeitando a aplicação de sanções por cartelização. “Não compartilhamos do sentido da decisão e a rejeitamos enfaticamente. Confiando na objetividade, a responsabilidade e no bom funcionamento das instituições, interporemos uma ação de nulidade e restabelecimento do direito ante o Tribunal Contencioso Administrativo, com a finalidade de que esta entidade valorize os sólidos argumentos apresentados pela Argos e proceda em direito com a nulidade da resolução da Superintendência”, afirmou a companhia em comunicado.

A Cemex Colômbia, por sua vez, decidiu não apresentar recurso e pagou sua multa. O que não significa que esteja em conformidade com a decisão da Superintendência. A Cemex afirma que ao longo do processo todos os seus estudos, investigações internas e argumentos jurídicos foram ignorados pelas entidades de controle, que não levaram em conta o que afirmava a companhia.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters