Concreteira e cimenteira duplica capacidade de moenda por demanda do mercado.

plantamelon

A empresa chilena de concreto e cimento Melón realizou um investimento de US$ 25 milhões na sua planta de moagem de Puerto Montt, cidade no extremo sul do Chile, a fim de duplicar a capacidade de produção para 600 mil toneladas anuais. 

Segundo o diário El Economista América, a inauguração foi prestigiada por todos os principais executivos e membros do diretório da Melón, junto a autoridades regionais e locais, que destacaram a relevância desta ampliação para os potenciais de desenvolvimento do sul do país. 

O gerente geral da Melón Cementos, Iván Marinaldo, destacou os desafios que foram implicados na construção deste projeto. “Depois de dez anos, o mercado do extremo sul do Chile nos obrigou a ampliar a produção da nossa planta. Hoje com grande satisfação inauguramos um projeto que enfrentou com sucesso um processo de construção muito desafiador, cumprindo altos padrões de segurança, e estamos muito orgulhosos em dizer que aqui reafirmamos nosso compromisso com a sustentabilidade”, disse o executivo.

 

 

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters

Temas