Presidente Sebastián Piñera fez o anúncio diante de empresários da construção.

pinera chile

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, anunciou que o seu país vai pôr em concessões de infraestrutura um valor anual equivalente a US$ 2 bilhões, de agora a 2021. O compromisso foi feito num café da manhã do presidente com empresários na Câmara Chilena da Construção (CChC).

O objetivo do governante é dar novo impulso às concessões, “e adequar nossa infraestrutura aos novos conhecimentos, às novas tecnologias, às novas realidades deste século 21”.

Segundo Piñera, atualmente estão sendo preparadas as licitações de oito rodovias “de nova geração”, que somarão mais de 1,5 mil km, cujas concessões finalizam no período de seu mandato. Em aeroportos, afirmou que trabalha-se um calendário de licitação de seus terminais: Arica, Balmaceda, Calama, La Araucanía, La Serena e Punta Arenas. Em ferrovias, prevê-se diversas concessões de trens urbanos, mas não apenas na capital Santiago, onde por exemplo quer-se ampliar a rede de metrô para 130 quilômetros, mas em outras cidades importantes como Valparaíso e Concepción.

O presidente fez questão de lembrar que no Chile há entre US$ 50 bilhões e US$ 60 bilhões em investimentos que estão travados “por razões muito absurdas”.

Sergio Torretti, presidente da CChC, afirmou que estes US$ 2 bilhões anuais representam um valor muito importante, dado que “nos últimos tempos tivemos cifras de entre US$ 3,5 bilhões e US$ 4 bilhões em quatro anos”.

Segundo o representante das construtoras, é fundamental fortalecer as parcerias público-privadas para o desenvolvimento do país.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters