cemex

A cimenteira mexicana Cemex continua com seu plano de desinvestimentos em ativos, e recentemente anunciou a venda de uma empresa que controlava nos Estados Unidos, que atuava na fabricação de cimento e com vários pontos de distribuição de concreto.

A Eagles Materials foi vendida por um valor próximo a US$ 665 milhões. A operação inclui a fábrica de cimento Kosmos em Louisville, Kentucky, além de outros sete pontos de distribuição. Os ativos envolvidos produziram um fluxo operacional de US$ 55 milhões nos 12 meses de setembro a setembro de 2019.

Os US$ 499 milhões líquidos que entrarão no caixa da Cemex com a operação de venda serão usados para reduzir a dívida corporativa da empresa. “Com esta transação, nossas vendas de ativos anunciadas ou finalizadas, superam US$ 1,3 bilhão. Estamos satisfeitos com a contínua e favorável dinâmica de desinvestimento de ativos da empresa”, disse Fernando González, diretor geral da Cemex.

Nos primeiros nove meses do ano, as vendas d Cemex nos EUA cresceram 4%, enquanto o fluxo operacional caiu também 4%. Isto porque o plano da cimenteira é recuperar o grau de investimento, para o que projeta vendas de ativos em 2020 por valores que variam entre US$ 1,5 bilhão e US$ 2 bilhões.

Após este anúncio, as ações da Cemex subiram 1,4% no mercado mexicano. Mas ao longo de 2019, a Cemex teve uma queda de 24% na Bolsa.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters