290.000 m3 de concretos de baixíssima permeabilidade ampliarão capacidade da planta El Salitre.

Cemex agua planta

El Salitre

A CEMEX está participando de um projeto que vai mudar a qualidade da água disponível para a população de Bogotá. Trata-se da ampliação da estação de tratamento de esgoto El Salitre, a principal da capital colombiana, a um custo de US$ 430 milhões.

A ampliação deverá fazer com que o volume de esgoto tratado por esta estação suba de 4 metros cúbicos por segundo para 7,1 metros cúbicos por segundo. O que ainda assim continuará sendo insuficiente, dado que chegam à estação 15 metros cúbicos de esgoto por segundo, provenientes dos 3 milhões de habitantes de Bogotá.

Estando previsto fornecimento de 290 mil metros cúbicos de concretos de baixa ou muito baixa permeabilidade, a CEMEX está abastecendo com materiais várias partes da obra, sendo a parte principal a construção de tanques de 40 centímetros de espessura de parede, mais 7 centímetros de recobrimento, além de pilares de fundação e outras estruturas de concreto.

Com a ampliação, El Salitre poderá tratar 605 milhões de litros de esgoto diariamente, o que gera a expectativa de reduzir em 80% a poluição do rio Bogotá. E, como um sobproduto da estação ampliada, aumentará o fornecimento de água limpa para finalidades diferentes do consumo humano.

O vice-presidente de Soluções ao Construtor da CEMEX na Colômbia, Juan Carlos Muñoz, expressou seu orgulho em participar deste projeto. “Nos enche de orgulho participar de um projeto eu tem o potencial de beneficiar a todo o país”, disse.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters

Temas