Projeto na Amazônia custará cerca de US$ 290 milhões.

A empresa Celeo Redes Brasil foi a vencedora da licitação da construção e operação de uma linha de transmissão de 230kV e 240 quilômetros de extensão, além de três subestações que somam 900MVA de capacidade de transformação.

O projeto tem um custo aproximado de US$ 290 milhões, e conta com um prazo de execução de 60 meses. A Elecnor, matriz da Celeo, será a encarregada de executar o projeto sob a modalidade EPC (chave em mão). A instalação será feita nos estados do Pará e Amazonas, onde o desafio é atravessar o rio Amazonas em uma diagonal de 3,8 quilômetros, além do cruzamento dos canais de Parintins com 4,5 quilômetros de comprimento.

O projeto é uma necessidade das comunidades amazônidas de cidades como Oriximiná, Óbidos e Juriti no Pará, além de Parintins, no Amazonas.

A Celeo Redes é uma sociedade composto por 51% de capital da Elecnor e 49% pelo fundo holandês APG.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters