Um aeroporto com pista de 4 km e a 3.936 metros de altura acima do nível do mar deverá ser construído pela Bolívia na cidade de Potosí dentro de um prazo de três anos.

A obra terá um custo de cerca de US$ 60 milhões, segundo o Ministério de Obras Públicas boliviano. A demanda turística gerada em Potosí em 2018 foi correspondente a um valor de US$ 850 milhões. “O turismo na Bolívia está crescendo a uma taxa anual de 9,8%, três vezes mais do que os países da América Latina, porque o mundo inteiro já percebe o país como destino único, surpreendente, natural e seguro”, afirmou a ministra de Culturas e Turismo, Wilma Alanoca.

O projeto é parte de uma iniciativa maior, impulsionada pelo governo, para um desenvolvimento aeroportuário que conta já com dois anos de trabalho feitos pela prefeitura local. As obras serão feitas em um antigo aeródromo, que atualmente só pode receber aeronaves médias em condições climáticas perfeitas.

Quando este aeroporto estiver pronto, a Bolívia terá os três aeroportos internacionais de maior altitude no continente. O mais alto deles é o de El Alto, que fica a 4.061 metros acima do nível do mar.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters