Método de construção pré-fabricada envolve alta tecnologia no Chile.

baumax1

A empresa chilena BauMax montou uma planta robotizada capaz de fabricar paredes de concreto para construção residencial em tempo recorde. Em um dia, o sistema criado pela empresa conclui a produção das peças necessárias para montagem de quatro casas de 140 metros quadrados.

As casas de paredes de concreto são fabricadas em três passos, incluindo a produção dos elementos para conexões elétricas e sanitárias, que então são inseridas no terreno escolhido para instalar a casa. O primeiro passo é o projeto, que é feito através de uma integração com o software BIM, que comanda os robôs para respeitar o projeto. Deste modo, podem-se desenhar e produzir elementos de corte precisos com seus detalhes e espaços para as conexões. Como os projetos são feitos um por vez, é possível sempre trocar o projeto de residência a cada vez que a linha de produção termine uma casa.

A segunda etapa do processo está relacionada com a produção, onde uma unidade giratória move mesas através de diferentes estações controladas por um programa, e com processo flexível que permite responder os requisitos arquitetônicos. O último passo é a montagem, realizada no local escolhido através de juntas úmidas cujo desenho já terá sido testado estruturalmente.

Segundo a BauMax, o processo automatizado reduz os tempos de construção em 30% em comparação com os sistemas construtivos tradicionais. A m]ao de obra, por sua vez, fica menor em 50%, gerando mais certezas sobre prazos de entrega e execução.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters