Empresa de químicos para concreto e outros materiais de construção faturou 3,3 bilhões de euros na região.

BASF

As vendas da Basf, empresa alemã de químicos para construção, na América do Sul fecharam 2018 em 3,3 bilhões de euros. O crescimento em relação ao ano anterior foi de 5%. A proporção da região sul-americana em relação à operação mundial da Basf é pequena: no mundo a companhia faturou 62 bilhões de euros em 2018.

Um dos pontos fortes da marca é o investimento em pesquisa e desenvolvimento. Nesta área, a Basf gastou globalmente 2 bilhões de euros em 2018.

No Brasil e em geral na América Latina, a Basf é uma das maiores provedoras de aditivos para concreto, ofertando seus produtos tanto para o mercado de concreto usinado como para o pré-fabricado.

“Estamos constantemente evoluindo na direção do nosso compromisso de impactar positivamente toda a nossa cadeia de valor e a sociedade”, diz Manfredo Rübens, presidente da BASF para a América do Sul.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters