Belgrano

Enquanto a economia argentina se recupera, levando consigo a indústria da construção a novos números positivos, o Plano Belgrano, que prevê ações de infraestrutura para o norte do país, avança de forma consistente. 

Obras em quatro aeroportos regionais estão em andamento, e outros três do mesmo tipo estão planejados para este ano. O plano também prevê trabalhos em estradas: já se terminaram as obras em 2.127 km, aos quais se somarão outros 2.892 km atualmente em execução. 

Além disso, o sistema de operação ferroviária Belgrano Cargas já tem à disposição 380 quilômetros de trilhos renovados. O balanço foi divulgado pelo ministro dos Transportes Guillermo Dietrich e pelo titular do Plano Belgrano, Carlos Vignolo, numa entrevista coletiva há poucos dias. 

Os aeroportos onde há obras concluídas ou em execução são Tucumán, Salta, Jujuy e Iguazú, aos quais proximamente se somarão os de La Rioja, Catamarca e Formosa, que serão reformados ao longo de 2018. A província de Tucumán já se beneficiou com a ampliação da plataforma comercial que lhe permitiu recordes de exportação de mirtilo, e ali as obras rodoviárias continuam. Em Salta será repavimentada a pista do aeroporto e o terminal de passageiros receberá renovação, o mesmo que em Iguazú, onde umanova torre de controle já está construída. Em Jujuy, se reforma o terminal de passageiros e o estacionamento, e também contará com uma nova torre de controle.   

No que diz respeito a rodovias, encontram-se no programa a RN11 em Formosa, que será a primeira autoestrada da província, com novo acesso à cidade, e a pavimentação da RN14 que conecta o litoral do país com o Brasil. Segundo as autoridades, em breve se iniciarão as obras em 70 km da autoestrada rural que alimenta as rodovias RN34, 36 e 1V66, a partir de um investimento de US$ 190 milhões. Em Tucumán o anel viário sobre a RN9 já foi duplicado por US$ 22 milhões, ao que se soma a autoestrada urbana de Corrientes sobre a RN12, com um primeiro investimento de US$ 66 milhões. 

No sistema Belgrano Cargas, já se renovaram 380 km de trilhos, o que permitirá aos produtores rurais do norte ter acesso aos portos de Santa Fé e de Gran Rosario, reduzindo custos logísticos e permitindo transportar até 3 milhões de toneladas através deste modal em 2020. 

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters