parqueargentina

A empresa argentina Petroquímica Comodoro Rivadavia (PCR) inaugurou o maior parque eólico do país, que tem potência instalada de 126 Mw, e demandou o investimento de US$ 200 milhões. A instalação fica em Jaramillo, cidade da província de Santa Cruz.

São 35 aerogeradores em uma área de 2.455 hectares, gerando uma energia que equivale à necessidade de 100 mil lares. As obras tomaram 18 meses, e cumpriram com os prazos previstos. A emissão de gases poluentes equivalentes deverá ser reduzida em 250 mil toneladas por ano.

A PCR também está construindo outros parques eólicos na província de Buenos Aires, com 100 Mw de capacidade cada um, dentro do programa de infraestrutura RenovAR.

O programa começou em 2016, e desde então construiu 12 parques eólicos, que somam cerca de 1.000 Mw. Este ano, deverão entrar em operação outros 22 parques, somando mais 1.500 Mw so sistema.

A PCR é uma tradicional do setor de óleo e gás da Argentina, operando há 98 anos. Atualmente, é a principal produtora de cimento na Patagônia, e tem operações importantes nas províncias de Neuquén, além de presença no Equador e na Colômbia.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters