Novo sistema no Arroyo Vega permitirá evitar enchentes em vários bairros da grande Buenos Aires.

arroyo vega

Na Argentina, anunciou-se a conclusão do novo túnel emissário do Arroyo Vega, bacia hidrográfica subterrânea cujo escoamento terá sua capacidade aumentada com esta obra, a fim de que se evitem enchentes em várias comunas da grande Buenos Aires.

A bacia do Arroyo Vega tinha uma capacidade máxima de canalizar 48 milímetros de água de chuva forte constante por duas horas, até que começava a enchente. Com a construção do novo sistema, a capacidade total passa a ser de 81 milímetros.

A construção do novo túnel consistiu em dois trechos de perfuração subterrânea. No primeiro, com 5,9 quilômetros de comprimento, usou-se uma máquina tuneladora TBM de nome Elisa, em homenagem à primeira graduada de Engenharia da Universidade de Buenos Aires, em 1918. O segundo trecho teve métodos convencionais usados em 2,4 km de comprimento.

Cerca de 400 trabalhadores atuaram na obra desde o início do Plano Hidráulico de Buenos Aires, em 2015. Cerca de 42,7 mil metros cúbicos de concreto foram lançados nos dois túneis.

Agora, o projeto continuará com a construção de 12 ramais secundários ao sistema, que, somados, terão comprimento total de 10,5 quilômetros.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters