Trecho problemático de rodovia colombiana poderá ser concluído até o fim do ano que vem.

ruta del sol 2

O Conselho Superior de Política Fiscal da Colômbhia (Confis) aprovou o financiamento de mais de US$ 140 milhões para que o Instituto Nacional de Rodovias (Invías) possa terminar as obras restantes no segundo trecho da famosa Ruta del Sol, que ficou paralisado por denúncias de corrupção.  

Outro conselho, este de política econômica e social, declarou que a obra é de importância estratégica e que a aprovação do orçamento final se justifica. O dinheiro financiará a construção e manutenção da estrada que conecta Puerto Salgar e San Roque. A pista que vai de Cúcuta a Agua Clara e seus respectivos acessos, além do melhoramento da conectividade viária geral na região, também são elementos contemplados pelo projeto.

Com isto, o Invías conta com um orçamento para, na prática, realizar manutenções em 605 km de estradas, duplicar 46,5 km, finalizar seis pontes e uma passarela de pedestres. Informe publicado pelo órgão nacional afirma que os trabalhos deste projeto ficaram paralisados por mais de um ano, enquanto já tinham 51% de avanço.

Uma vez finalizados os trabalhos no final de 2019, prevê-se uma melhor capacidade da rodovia, capaz de reduzir o tempo de viagem em 26% e em 13% os custos atuais com sua operação.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters