A locação de maquinário e equipamentos é um elemento essencial para hospitais, prefeituras e governos, para que garantam a estabilidade e a segurança dos lares brasileiros. Esta é a posição da ALEC, Associação Brasileira de Locadoras de Equipamentos, externada num comunicado de 20 de março enviado a diversas autoridades do país.

A ideia da ALEC é solicitar ao governo federal que exclua o setor das regras de restrição ao funcionamento que se impuseram em algumas localidades do país após o decreto de calamidade pública. Para isso, o setor deve ser considerado como essencial.

As máquinas, segundo a ALEC, são essenciais para manutenção, ventilação, higiene, assepsia e esterilização, o que inclui as prestações típicas de geradores elétricos, compressores de ar, máquinas de limpeza, contêineres, equipamentos de construção para hospitais de campanha, entre vários outros.

A ALEC e o segmento de locação entendem que devem unir esforços em nome dos brasileiros para minimizar o impacto na saúde e o bem estar das famílias, e das comunidades neste tempo de crise.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters