Níveis de enxofre ultrabaixos demandam preocupações especiais, que associação tenta divulgar.

ulsd_preview

O uso cada vez mais comum de combustíveis com baixos níveis de enxofre (ULSD, na sigla em inglês) demanda que a gestão dos equipamentos movidos a estes combustíveis tome novas precauções.

Por isso, a Associação dos Fabricantes de Equipamentos dos Estados Unidos (AEM) produziu um boltim de orientação que reúne as melhores práticas sobre o ULSD, que descreve muitos pontos importantes para se ter em consideração na hora de operar com estes combustíveis.

Entre os aspectos mencionados ali, está uma descrição geral da regulação EPA. Entre eles, os riscos de eletricidade estática durante o abastecimento, informações sobre a nova estrutura química do diesel etc.

“É de vital importância que os fabricantes relembrem seus clientes de que, antes de operar qualquer tipo de máquina, sempre se consulte o manual de operação original do fabricante para garantir as práticas de segurança adequadas”, diz a organização.

Para ter acesso ao boletim em diversos idiomas, visite https://www.aem.org/safety-and-technical/technical/ultra-low-sulfur-diesel-best-practices/. Pode ser baixado aquí em português.

Para conhecer as instruções de segurança da AEM online, visite: www.safetymaterials.org.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters