Em resposta à crescente demanda, SDLG lançará uma nova motoniveladora no país em 2018.

1

Esta é a G9138, modelo que chegará à Argentina em 2018 para atender a demanda por motoniveladoras de menor tamanho.

Acumulam-se os sinais de recuperação da economia argentina, que pouco a pouco vai tomando o lugar do Brasil como motor sul-americano. Um destes sinais vem da parte de uma das grandes marcas de equipamentos na região: a SDLG, fabricante de maquinário pesado com tecnologias simplificadas pertencente ao grupo Volvo. A novidade? O lançamento de um novo modelo de motoniveladora agendado para o país em 2018.

Trata-se da G9138, que será introduzida no mercado do país pela tradicional distribuidora de máquinas das duas marcas do grupo, a Escandinavia del Plata. A decisão de trazer mais um produto a este mercado não tem outro motivo que não e crescente demanda e nível de atividade verificados ali.

Um dado não trivial é que, em menos de dois anos, desde quando a Escandinavia del Plata começou a comercializar motoniveladoras SDLG na Argentina – coincidindo com a reativação do mercado de construção rodoviária e de infraestrutura que se percebe na gestão do atual presidente, Mauricio Macri -, já se venderam 26 unidades do modelo G9190, o principal da marca na região. De acordo com o coordenador comercial da distribuidora, Ezequiel Silva, “estamos vendendo uma média de duas motoniveladoras por mês”.

Assim as coisas, a percepção de que o mercado voltou e está funcionando motivou a decisão de apresentar outra opção. Então a partir do ano que vem, além dos modelos G9190 e G9220 que já estão na Argentina, a Escandinavia del Plata trará uma opção que se encaixa com obras viárias menores, muitas vezes de manutenção, e que poderá ajudar especialmente os pequenos municípios rurais que têm estradas não pavimentadas, mas que precisam delas em condições para o escoamento de produção agro-pecuária em tempo aceitável rumo aos portos e às cidades.

G9138

A motoniveladora G9138 tem um peso operacional de 12.100 quilos, força de tração de 75 kN e um motor de 141HP. A ideia é que com ela a SDLG ocupe este espaço no mercado argentino, onde uma motoniveladora mais compacta se faz necessária na manutenção de estradas vicinais e rurais.

Ao compará-la, por exemplo, com o modelo mais destacado da SDLG no país, a G9190, percebe-se a diferença do nicho de mercado. A G9190 tem peso operacional maior, com 15.800 quilos. Exatamente por se dedicar a um segmento mais específico do mercado de infraestrutura viária, Ezequiel Silva aposta no sucesso comercial do lançamento: “estamos certos de que esta máquina vai repetir o sucesso dos outros modelos da marca”.

É muito possível que a G9138 seja adquirida por clientes de províncias mais distantes da capital argentina, enquanto a G9190 vem alcançando seu sucesso comercial em províncias como Buenos Aires, Córdoba e Santa Fé, que estão entre as principais do país.

Como dona de uma das mais desenvolvidas redes de distribuição em toda a América Latina, a Volvo Construction Equipment e a SDLG têm na Escandinavia del Plata um apoio comercial total para o mercado argentino.

Cleber Carvalho, diretor executivo da empresa distribuidora, faz coro e reafirma o crescimento da marca SDLG no seu mercado. “Nossos produtos estão ganhando a confianças das empresas de construção de estradas, precisamente devido à confiabilidade, à robustez e à excelente relação custo benefício”, diz.

Temas