Volvo e Scania se contagiam de coronavírus

By Gabriel Lira24 March 2021

As duas marcas suecas param seus dias de produção por falta de componentes e agravamento da pandemia no Brasil

trucks

Depois de anunciarem investimentos na região, as duas marcas anunciaram que vão interromper parcialmente a produção de caminhões. No caso da Volvo, no dia 23 de março eles interromperam a montagem desses veículos em Curitiba. Da marca asseguram que a falta de peças de reposição, principalmente componentes eletrônicos, além das restrições e flagelos da pandemia obrigaram ao cesse da produção de colossos.

Enquanto isso, a Scania informou que após negociação com o Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos do ABC, eles interromperão a produção a partir do día 26 de março até 5 de abril, principalmente devido ao agravamento do Covid-19 na região.

Isso sim, da Volvo esclareceram por meio de comunicado que manterão parte da força de trabalho ativa, entre a qual se destaca parte da linha de caminhões, que da mesma forma produzirá a 30% de sua capacidade.

É digno de destaque que a Anfavea, órgão representativo dos fabricantes, após reuniões com o referido sindicato, eles se aproximaram de cada marca para lidar com a situação, atendendo às condições dos seus trabalhadores, além de considerar a área onde são realizadas suas operações. As marcas, por sua vez, estão empenhadas em abordar da forma mais justa e produtiva possível tudo o que está afetando os setores em geral no mundo todo.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Um ponto fora da curva…
O Brasil, na contramão de muitos países que se viram seriamente afetados pela crise sanitária mundial, se estabelece dia após dia como potência econômica no que tange a indústria e tal propensão se fortalece com o número de obras que se difundem por todo território nacional.
Energia do futuro
Como grupos geradores e sistemas de armazenamento baseados em bateria podem substituir a energia a diesel.
Construção centro-americana
A pandemia e economias fortemente dependentes tornam a recuperação desta região mais complexa.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL