Volvo apresenta venda de caminhões em 2020

By Fausto Oliveira10 February 2021

O Grupo Volvo Latin America deu uma entrevista coletiva por meios virtuais esta semana, durante a qual apresentou alguns de seus principais números de 2020 nos negócios de que participa na região latino-americana a partir de sua sede em Curitiba.

Entre os feitos da marca sueca na América Latina, em um ano desafiador como foi o ano passado, foi celebrado principalmente por sua participação no mercado regional de caminhões. “A América Latina é a maior região de negócios de caminhões da Volvo no mundo, mesmo diante do cenário econômico adverso criado pelo coronavírus”, disse o presidente do grupo na região, Wilson Lirmann.

O caminhão Volvo FH 540cv foi o modelo mais vendido no Brasil em 2020, uma vez mais, entre todos os segmentos do mercado, com 5.870 novas unidades introduzidas no mercado. Com 3.936 unidades vendidas, o Volvo FH 460cv foi o segundo modelo mais vendido no país em 2020 na categoria pesados.

Ao todo, a Volvo vendeu 14.976 caminhões no Brasil, o que foi 11,1% menos do que o número de venda de caminhões no país em 2019. A linha VM, de caminhões dedicados a serviços urbanos e de construção, teve crescimento de 24%, com 3.530 unidades vendidas no ano passado.

O negócio de caminhões da Volvo sofreu na América Latina como um todo devido à pandemia. Na Argentina, a venda caiu 25% e fechou 2020 com 816 caminhões; no Chile a queda foi de 14%, com 888 caminhões vendidos; já no Peru, a queda foi de 29%, com vendas de 1.006 unidades.

Ao todo, e contando os vendidos no Brasil, a região consumiu 17.812 caminhões da Volvo em 2020, número que foi 13% menor que no ano anterior.

Volvo Liebherr 1

Demais números

A Volvo Latin America apresentou outros números interessantes com relação a 2020. Por exemplo, a empresa alcançou o feito de 100 mil veículos e equipamentos conectados na América Latina, dentre os quais seriam 79.289 caminhões, 15.554 ônibus e 11.007 equipamentos de construção. Estes veículos e equipamentos estão aptos a produzir e receber dados para uma operação controlada e apoiada por meios digitais.

O setor de construção representou um crescimento expressivo nas vendas de caminhões Volvo em 2020. Os modelos que a marca chama de “vocacionais”, tiveram crescimento de 34%, com 1.825 unidades vendidas. Dentre estes, os caminhões dedicados à construção (a exemplo do modelo desenvolvido com a Liebherr para betoneira) cresceram 87%.

Fruto destes bons resultados, a Volvo anunciou a contratação de 400 novos funcionários no princípio de 2021. Com isto, o número total de empregados na unidade de Curitiba alcança 3.800, o que segundo a empresa é um número maior do que o registrado no período anterior à pandemia.