Valores dos insumos eleva preços de construções

obra construcao genérica

A alta nos valores dos insumos imprescindíveis para o setor como, aço, cimento, cobre, alumínio, entre outros, vai dificultar a compra da tão sonhada casa própria.

José Carlos Martins, presidente da CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção), em entrevista recente ao site UOL alertou que o forte aumento do custo dos materiais de construção pode acabar freando o ritmo de novos empreendimentos imobiliários, que vem batendo recordes de vendas. No primeiro trimestre deste ano, 57,1% das companhias do setor apontaram a falta ou o alto custo dos insumos como principal problema.

Companhias que venderam muitos imóveis na planta no ano passado, travaram o preço nos financiamentos contratados e, agora, precisam construir com custo mais elevado, e isso acaba sendo repassado ao cliente que vê os valores dos imóveis saltarem aos olhos.

Mas, apesar disso, de acordo com a Agência Brasil, na comparação com o primeiro trimestre de 2020, houve uma alta de 27,1% nas vendas de imóveis nos três primeiros meses deste ano no país, revela o estudo Indicadores Imobiliários Nacionais, da CBIC. Ao todo, foram 207.946 unidades vendidas em 12 meses, maior número já registrado.

Por outro lado, a oferta final de imóveis – que contabiliza todos os imóveis disponíveis para venda, seja na planta, em construção ou prontos – caiu 14,8% na mesma comparação.

BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristiá[email protected]
Simon Kelly Gerente de vendas Tel: 44 (0) 1892 786223 E-mail: [email protected]
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL