Usina de gás para a Nicarágua

By Gabriel Lira13 May 2021

A maior usina de geração de eletricidade da Nicarágua está no meio da construção. A usina eléctrica de gás natural terá capacidade de 315 MW de potência e recebeu as primeiras turbinas a serem montadas.

Planta generadora a gas

O projeto, localizado em Puerto Sandino, em León, vai produzir 2,2 milhões de MWh por ano, o que significa cerca de 50% da demanda do país. O local será conectado ao Sistema Interligado Nacional (SIN) do país por meio da Subestação Sandino, o que garantirá maior estabilidade ao sistema; e, portanto, um fornecimento de energia confiável e seguro para os nicaraguenses. Da mesma forma, as autoridades destacam que o projeto permitirá o desenvolvimento de fontes renováveis ​​no país, uma das prioridades para o governo nicaraguense.

O projeto está sendo executado pela empresa americana New Fortress Energy LLC e seu investimento chega a US $ 700 milhões. Vale esclarecer que, atualmente, a Nicarágua tem 98,66% de cobertura elétrica “e a previsão é de chegar a 99% durante este 2021”, afirmam do governo. Da mesma forma, destacam que a Nicarágua fechou o ano de 2020 com 70% da energia elétrica produzida com fontes renováveis.

É bom considerar que as usinas elétricas movidas a gás natural são consideradas as usinas de combustíveis fósseis mais limpas de todas, o que significa uma redução das emissões poluentes. Ao queimar gás, a água que alimenta as turbinas é aquecida, se transforma em vapor e é utilizada para gerar eletricidade. Quem gosta dessa tecnologia comemora que, além de limpa é mais barata.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Por que é essencial digitalizar o setor da construção mexicana?
Coluna de Luis Herrera, chefe de vendas para a América Latina e Espanha, Procore
A magnitude e fomento do conceito ESG e da sustentabilidade
O que antes era tendência, agora é realidade. Considerando os indicadores dos três pilares (meio ambiente, social e governança corporativa), e a inerente preocupação - devida – das empresas, não há como negar que estratégias ESG trazem diversos benefícios para a percepção de valor, real, das companhias.
Compactação: declives suaves
Características excepcionais para um embalador de rolos seguro e eficiente
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL