Tsurumi lança novo modelo de bomba

01 September 2020

tsurumigpn837collage

A Tsurumi lançou um novo modelo de bomba para corpos líquidos realmente pesados: a GPN 837.

A unidade é o novo modelo top de linha da empresa. Em comparação com o modelo mais forte até hoje, a GPN 622, a Tsurumi conseguiu duplicar a capacidade para 9 mil litros por minuto.

A GPN 837 está projetada para ser usada onde haja grandes quantidades de material sólido junto ao corpo líquido, por exemplo em poços de areia, lama, bentonita e outros materiais. Segundo a companhia, “a 150 litros por segundo, rochas duras de até 30mm de tamanho podem passar facilmente através da bomba. O agitador na abertura de sucção mistura lama e água, para dar mais fluidez”.

Com peso em seco de 815 kg e um altura de cerca de um metro, a bomba é acionada por motor elétrico de 37 kW (400V). A GPN 837 bombeia verticalmente até 24 metros. Quando submersa, é resistente à pressão até uma profundidade de 30 metros. A água se desvia em espiral ao redor da bomba: um truque para compensar o efeito abrasivo do meio bombeado. O impulsor e a placa de sucção também são feitos de fundição cromada, e a carcaça de fundição GG20. Para elementos críticos, como o selo mecânico de duplo interior, utiliza-se o carboneto de silício, “um material quase tão duro quanto o diamante”, segundo a Tsurumi.

Além disso, o equipamento conta com o sistema de elevador de óleo da marca, que lubrifica o eixo da bomba em qualquer posição através de força centrífuga.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Um ponto fora da curva…
O Brasil, na contramão de muitos países que se viram seriamente afetados pela crise sanitária mundial, se estabelece dia após dia como potência econômica no que tange a indústria e tal propensão se fortalece com o número de obras que se difundem por todo território nacional.
Energia do futuro
Como grupos geradores e sistemas de armazenamento baseados em bateria podem substituir a energia a diesel.
Construção centro-americana
A pandemia e economias fortemente dependentes tornam a recuperação desta região mais complexa.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL