Tecnologia e Inovação no stand da Link-Belt

Com apresentação suntuosa, a meta é reforçar a presença da marca na América do Norte e promover os produtos Link-Belt na América Latina e no Brasil.

Foto: KHL

Em um dos maiores stands da feira, a Link-Belt mostrou sua gama de produtos que conta com o que há de mais moderno em desenvolvimento e tecnologia de ponta.

No espaço, expostas 13 escavadeiras, sendo elas das séries X4 e X4S, novas tecnologias apresentadas no evento para o mercado norte-americano, a Pink-Belt, um modelo elétrico, além de uma 145X3E comercializada somente na América Latina. Já no pavilhão interno, no espaço West Hall (W42000), os visitantes conferem ainda dois modelos da série X4S, também novidades no mercado.

Vladimir Machado, especialista de produtos da Link-Belt, durante coletiva de imprensa da marca, falou sobre os diferenciais da linha X3E, que é comercializada na região.

De acordo com o especialista, a 145X3E é um modelo compacto com 14 toneladas de capacidade operacional, ideal para operar em centros urbanos e ambientes confinados onde há pouco espaço para movimentação. “A 145X3E é um modelo compacto com 14 toneladas de capacidade operacional, ideal para operar em centros urbanos e ambientes confinados onde há pouco espaço para movimentação. Une o que há de mais moderno e potente, com a necessidade de ganhar espaço sem perder no desempenho.”, afirmou.

Eric Sauvage, President & CEO da LBX Company. Foto: KHL

Durante coletiva, Eric Sauvage, President & CEO at LBX Company, destacou como equipamentos da marca focam em economia, maior controle, produção e segurança. “A série X3E das escavadeiras Link-Belt foi construída para exceder as suas expectativas e atender aos clientes mais exigentes.”, destacou. 

No estante externo da LBX Company, chamava a atenção dos visitantes a dinâmica denominada “Desafio do Rodeio”, voltada a operadores, apresentando o novo modelo 220X4S. Na atividade, três bolas de basquete estarão em cima de três cones, colocadas a 5,5 metros na frente da máquina, a uma distância de 2,5 metros entre elas.

Outro ponto destacado pela empresa é telemetria. Esse sistema permite a localização do equipamento, desde que o operador não desative essa funcionalidade. Por intermédio da telemetria, é possível coletar dados de operação para facilitar o desenvolvimento de novas soluções e acompanhar a evolução do produto em campo, além de possibilitar o planejamento de manutenção, bem como a localização do equipamento.

Consciente e andando de acordo com o que pedem os novos tempos, no dia 16 de março, será realizado o leilão da escavadeira Pink-Belt. O equipamento 145X4, pintado na cor de rosa vibrante, é a mascote da LBX Company na campanha de conscientização sobre a prevenção ao câncer de mama.

Antes de chegar ao evento, a mascote percorreu os Estados Unidos, por três anos em eventos nos distribuidores norte-americanos, com o propósito de arrecadar fundos para a causa.

Participando de eventos beneficentes pelo país, a escavadeira divulga o projeto Diggin’ for a Cure Tour” (Turnê Cavando a Cura, em tradução livre) e tem como ponto de chegada a CONEXPO, em Las Vegas. No último dia do evento, a Pink-Belt é leiloada e 100% dos lucrossão destinados para a National Breast Cancer Foundation (NBCF) e para o Saint Joseph Hospital Foundation’s Yes, Mamm!, organizações de prevenção e tratamento do câncer de mama mais conceituadas do mundo.

CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristiá[email protected]
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL