TechHub de Hidrogênio Verde é lançado com investimento inicial de R$ 45 mi

By Luciana Guimaraes26 July 2022

O Brasil conta com grande potencial para geração de energia a partir de fontes renováveis.

Mas o país precisa ampliar o investimento em soluções inovadoras e sustentáveis e desenvolver uma diversidade de matrizes energéticas sustentáveis e confiáveis que poderão suprir as necessidades de energia de uma população em crescimento.

Por isso, transformar o Complexo Industrial Portuário de Suape, em Pernambuco, em um espaço de pesquisa, desenvolvimento e inovação com foco no combustível do futuro, proposta do TechHub Hidrogênio Verde, é uma iniciativa pioneira.

Liderada pela CTG Brasil, uma das líderes em geração de energia limpa no País, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), SENAI-PE e o Governo do Estado, a iniciativa concentrará em Suape a implementação de projetos inovadores focados na produção, transporte, armazenamento e gestão de hidrogênio verde (H2V).

Foto: FreePik

Juntos, os projetos receberão inicialmente investimentos de até R$ 45 milhões.

As propostas foram selecionadas na chamada pública “Missão Estratégica Hidrogênio Verde”, promovida pelo SENAI e pela CTG Brasil.

O edital, cujo resultado foi divulgado em fevereiro passado, previa aporte de R$ 18 milhões nas soluções mais inovadoras aptas a gerar negócios relacionados ao combustível do futuro.

Essa iniciativa faz parte da estratégia de investimento em P&D+ inovação da CTG Brasil alinhada ao Programa de Pesquisa e Desenvolvimento regulado e promovido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDEC-PE), a CTG Brasil e a Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE) assinaram um Memorando de Entendimento para avaliar o desenvolvimento e/ou a implementação de diversos projetos da cadeia de hidrogênio do Complexo Industrial Portuário de Suape.

Trata-se de um acordo que pretende unir a expertise da companhia, o potencial energético do Estado e o posicionamento estratégico do porto.

Assi, será possível estabelecer relações colaborativas entre as instituições com o intuito de promover o desenvolvimento de projetos. Além disso, a parceria contribui com o processo de descarbonização, ao proporcionar o aumento da participação de fontes renováveis nas atividades portuárias.

Essa iniciativa tem como objetivo o desenvolvimento do potencial de H2V e a identificação de oportunidades no porto público mais estratégico do Nordeste, tendo em vista que 90% do Produto Interno Bruto (PIB) da região encontra-se em um raio de 800 quilômetros do porto. Além disso, estão previstos o estabelecimento da intenção de encontrar oportunidades conjuntas na área de energia e de descarbonização de indústrias vinculadas ao porto.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
A magnitude e fomento do conceito ESG e da sustentabilidade
O que antes era tendência, agora é realidade. Considerando os indicadores dos três pilares (meio ambiente, social e governança corporativa), e a inerente preocupação - devida – das empresas, não há como negar que estratégias ESG trazem diversos benefícios para a percepção de valor, real, das companhias.
Compactação: declives suaves
Características excepcionais para um embalador de rolos seguro e eficiente
Conheça alguns dos expositores da M&T Expo 2022
Como parte da rede Bauma, a M&T Expo agora quer ser o carro-chefe da recuperação do mercado
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL