Sotreq prepara filial modelo para atender aos clientes da Região Norte

By Luciana Guimaraes18 January 2022

A Região Norte vai receber em breve uma nova filial da Sotreq, a maior revendedora Caterpillar do Brasil.

A unidade está em fase final de construção em Parauapebas, no Pará e trata-se de uma das maiores unidades da empresa.

O local oferecerá soluções de peças, Serviços de CRC, serviços de campo e treinamentos.

A escolha pelo local é pela crença de que a região de Carajás é a nova fronteira de mineração. Com a construção da filial Parauapebas, a Sotreq acredita que trará melhor atendimento aos clientes que ali estão.

“Nós acreditamos que a região de Carajás é a nova fronteira de mineração e com a construção da filial Parauapebas, estaremos estabelecendo um novo patamar de atendimento aos clientes desta região. Reunindo em uma única filial soluções de peças, Serviços de CRC, serviços de campo e treinamentos, que consolidam nossa liderança e contribuirá mais ainda com o desenvolvimento da cidade”, diz Otávio Coêlho, gerente regional de mineração da Sotreq em Carajás.

A área tem cerca de 50 mil metros quadrados, sendo 16 mil metros quadrados de construção. A nova filial está localizada na saída para Marabá, na rodovia PA-275.

Nessa estrutura, a Sotreq contará com um escritório comercial/administrativo, fábrica de mangueiras, Centro de Distribuição de Peças (CDP), Centro de Remanufatura de Componentes (CRC), Oficina de Material Rodante e Centro de Capacitação Técnica (CCT).

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
A evolução do manipulador telescópico da Skyjack
Skyjack produz uma linha completa de telehandlers com sete modelos
Eletrificação das máquinas de acesso está superando o ímpeto regulatório
Impulso em direção às máquinas de construção elétrica começou com a regulamentação governamental
Dados que impulsionam as máquinas
Como os fluxos de dados de monitoramento podem reduzir custos e emissões de carbono e talvez um dia permitir que as máquinas funcionem por conta própria
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL