Skanska declarada inidônea no Brasil

By Fausto Oliveira10 June 2016

A construtora sueca Skanska, que deixou todas as suas operações latino-americanas há uns meses, foi declarada inidônea no Brasil, pela Corregedoria Geral da União.

A declaração proíbe a Skanska de assinar novos contratos com a administração pública brasileira por pelo menos dois anos. Ainda que forte, a decisão não tem efeito prático, porque a construtora já saiu do Brasil e não mantém operações.

De acordo com as autoridades, a empresa sueca participou de acertos para manipular licitações públicas com a Petrobras. Além disso, teria pago uma propina de 3 milhões de reais para obter um contrato.

Esta é a segunda construtora declarada não idônea no Brasil. A primeira foi a Mendes Júnior, semanas atrás.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
A magnitude e fomento do conceito ESG e da sustentabilidade
O que antes era tendência, agora é realidade. Considerando os indicadores dos três pilares (meio ambiente, social e governança corporativa), e a inerente preocupação - devida – das empresas, não há como negar que estratégias ESG trazem diversos benefícios para a percepção de valor, real, das companhias.
Compactação: declives suaves
Características excepcionais para um embalador de rolos seguro e eficiente
Conheça alguns dos expositores da M&T Expo 2022
Como parte da rede Bauma, a M&T Expo agora quer ser o carro-chefe da recuperação do mercado
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL