Sistema de inteligência artificial para equipamentos pesados

By Cristián Peters14 April 2022

El equipo de Ception. Equipe da Ception. (Foto: Eyal Toueg)

A empresa israelense Ception revelou um novo sistema baseado em inteligência artificial para melhorar a segurança, produtividade e lucratividade de equipamentos pesados. O sistema é destinado a equipamentos como caminhões de reboque, carregadeiras, escavadeiras e escavadeiras, em canteiros de obras, minas, pedreiras e plantas industriais. Segundo a empresa, o sistema é projetado para reduzir os custos operacionais e contribuir para a sustentabilidade nestes ambientes de trabalho exigentes.

Equipamentos como caminhões articulados, caminhões de reboque, carregadeiras, escavadeiras e escavadeiras estão freqüentemente envolvidos diariamente em acidentes graves. Os acidentes incluem colisões, capotamentos e quedas em abismos, custando vidas e causando danos materiais. Além disso, operações sem equipamentos tecnológicos avançados são ineficientes, geram custos altos e desnecessários e prolongam o tempo necessário para a conclusão dos projetos.

MineCept: plena consciência situacional

A Ception desenvolveu o MineCept. O sistema é baseado em um modelo de negócio SaaS, oferecendo ao cliente um conjunto de aplicações através do mesmo kit de hardware e suportando uma ampla gama de cenários no campo. O sistema utiliza mapeamento 3D em tempo real, de alta definição e tecnologia de posicionamento preciso, baseado em informações visuais em vez de GPS, para fornecer uma consciência situacional completa do ambiente que envolve a máquina, cruzando dados de diferentes sensores e vários algoritmos de processamento de imagem e aprendizagem profunda.

O MineCept, que é instalado em veículos pesados, fornece aos operadores, gerentes de site e coordenadores de segurança informações e insights em tempo real para melhorar a segurança geral e a eficiência operacional.

MineCept é composto de três partes:

  • Um kit de hardware modular que se instala em equipamentos pesados, independentemente da marca. Inclui uma unidade de computação, um componente de comunicação e sensores.
  • Um sistema de assistência ao operador da máquina que inclui uma tela de exibição na cabine do operador. Este sistema fornece alertas visuais e sonoros, assim como suporte para várias tarefas operacionais.
  • Um sistema de gerenciamento do site, que inclui informações e dados em tempo real sobre o que está acontecendo no site.

“As indústrias de construção, materiais de construção, mineração e pedreiras são mercados enormes que sofrem de sérios problemas de segurança, eficiência e sustentabilidade e estão sempre em busca de soluções inovadoras. Existe atualmente uma lacuna de solução tecnológica nesta disciplina. Algumas das soluções são orientadas para um alto nível de automação, mas têm várias limitações tecnológicas, preços altos e restrições regulatórias. Por outro lado, as soluções baseadas em tecnologias básicas não oferecem uma resposta adequada e sofrem de sérios problemas de confiabilidade”, disse Tal Israel, co-fundador e CEO da Ception.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Construção de Rodovias: O caminho para o futuro
As equipes de pesquisa e desenvolvimento de equipamentos para construção de estradas estão se concentrando na autonomia, energia e maior integração digital.
Preparação para a M&T a todo vapor
Após ser adiada devido à pandemia, a indústria de construção latino-americana se reunirá novamente no Brasil no final de agosto.
Colômbia: Pavimentando o futuro
O país está finalizando seu programa de projetos 4G enquanto dá os primeiros passos nas Concessões do Bicentenário.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL