Quais são os principais projetos de energia da região?

By Cristián Peters13 August 2021

Iniciativas nucleares, térmicas e solares assumem os principais projetos de energia da região, com investimentos que ultrapassariam US$ 15,36 bilhões.

Projetos de energia na América Latina

Central Antucha II Central Antucha II. Foto de Nucloeléctrica Argentina S.A.

Como será Antucha III? Em termos de investimentos, a principal iniciativa energética da região é a usina nuclear Antucha III, que ficará localizada na cidade de Lima, no estado de Buenos Aires, Argentina. A usina, que demandaria investimentos da ordem de US$ 7,9 bilhões, teria financiamento chinês e tecnologia Hualong, teria capacidade instalada de 1.250 MW, com a qual poderia produzir 9.460 GWh anuais, com vida útil calculada em cerca de 60 anos. A construção da Antucha III está prevista para começar em meados do próximo ano e pode começar a operar em 2028.

Atualização tecnológica do Piratininga

Um dos principais projetos de energia no Brasil está relacionado à atualização tecnológica das Unidades 1 e 2 da Usina Termelétrica Piratininga, instalada em 1954 e pertencente à Companhia Metropolitana de Água e Energia (EMAE). A iniciativa, que demandaria investimentos da ordem de US $ 2.500 milhões, inclui o bloco 1, que, composto por três turbinas a gás com geradores e uma turbina a vapor com gerador, terá potência de 1.736,8 MW; e o bloco 2, que será composto por duas turbinas a gás com geradores e uma turbina a vapor com gerador, com capacidade de 818 MW.

Novo projeto solar térmico?

Proyectos energeticos America Latina

Outro importante projeto energético é a usina Likana Solar, que ficará localizada no Chile e que pertence ao Cerro Dominador, empresa ligada à EIG Global Energy Partners, que inaugurou em junho passado a primeira usina termossolar da América Latina, também no Chile. A Likana Solar, que pelo seu ingresso no sistema de avaliação ambiental demandaria um investimento de cerca de US $ 2.400 milhões, contempla a construção de três torres com armazenamento de energia de 13 horas e terá potência instalada de 450, o que a posiciona como uma das maiores usinas de energia renovável do mundo.

O México está fortalecido com o sol

Aproveitando também a força do sol, destaca-se a usina de Puerto Peñasco, no México, que será o maior projeto fotovoltaico da América Latina e o oitavo do mundo. A iniciativa prevê investimento de US $ 1.685 milhões e terá capacidade de 1 GW. A usina, para cuja construção foi aberta licitação internacional, entraria em operação em novembro de 2023. Outro projeto solar no México é o parque La Araña, localizado em Sonora. A iniciativa, pertencente à empresa Energía Limpia Palma, exigirá investimentos da ordem de US $ 880 milhões e terá capacidade nominal de 200 MW.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
América Latina em maturidade de estradas
Revisão de alguns dos principais projetos de construção de estradas da região, que envolveriam investimentos de mais de US$ 18 bilhões.
Principais locadoras da América Latina
Uma nova versão do Latam Rental 45 mostra que 2020 foi um ano complexo, mas a indústria foi resiliente
Off Highway Research: 2021 terá vendas recordes de equipamentos
Apesar da pandemia, as vendas globais de equipamentos de construção atingirão um recorde este ano...se a indústria puder acompanhar a demanda.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL