Primeiras certificações CSC nos Estados Unidos vão para CEMEX

By Fausto Oliveira22 March 2018

Cinco unidades concreteiras receberam a certificação ambiental do Concrete Sustainability Council.

cemex concrete plant

Central da CEMEX nos Estados Unidos.

Cinco plantas de concreto da CEMEX receberam a certificação de concreto ambientalmente responsável do Concrete Sustainability Council (CSC). São as primeiras unidades produtoras de concreto que recebem este selo nos Estados Unidos.

As centrais estão localizadas em Santa Clara, San Carlos, San José, Oakland e San Francisco. Todas passaram por uma auditoria da firma SGS, e agora têm seus concretos reconhecidos como sustentáveis.

A certificação CSC é uma novidade na indústria. A entidade se formou há pouco mais de um ano por iniciativa de um grupo de cimenteiras (CEMEX, CRH, HeidelbergCement, LafargeHolcim, SCG e Titan), dentro do CSI (Cement Sustainability Initiative). Participam do CSC importantes associações da indústria, como a PCA dos Estados Unidos, a European Concrete Platform, a FIHP (Federação Interamericana do Concreto Pré-mesclado) e a Asocreto, da Colômbia.

“A sustentabilidade é um princípio norteador de cada planta CEMEX. Estamos orgulhosos de que estas sejam as primeiras unidades nos Estados Unidos a obter a certificação do CSC, o que demonstra a nossa liderança em responsabilidade ambiental. Este sucesso vai inspirar outros dentro da CEMEX e toda a indústria”, disse o presidente da CEMEX nos EUA, Ignacio Madridejos.

América Latina

Em entrevista à Concreto Latino-Americano, na edição que acabamos de publicar, o diretor do CSC Alexander Röder revelou que a entidade recebeu um financiamento do programa ambiental das Nações Unidas para levar à América Latina seu programa de certificações de concreteiras.

Até antes das cinco plantas da CEMEX comentadas anteriormente, já eram mais de 60 empresas certificadas pelo CSC no mundo. A certificação ajuda as concreteiras a obter e manter licenças ambientais para funcionamento.

“Uma empresa bem administrada da América Latina pode certamente obter uma certificação CSC. Concreto sustentável pressupõe dar consideração séria à visão de todas as partes interessadas – clientes, empregados, comunidades locais, ONGs e outros – ao longo de toda a cadeia de produção”, diz Röder na entrevista à Concreto Latino-Americano.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Um ponto fora da curva…
O Brasil, na contramão de muitos países que se viram seriamente afetados pela crise sanitária mundial, se estabelece dia após dia como potência econômica no que tange a indústria e tal propensão se fortalece com o número de obras que se difundem por todo território nacional.
Energia do futuro
Como grupos geradores e sistemas de armazenamento baseados em bateria podem substituir a energia a diesel.
Construção centro-americana
A pandemia e economias fortemente dependentes tornam a recuperação desta região mais complexa.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL