Powerscreen festeja seus 50 anos

By Cristián Peters21 June 2016

Power screen

Power screen

Fundada em 1966 sob o nome de Ulster Plan, na Irlanda, a Powerscreen celebra este ano meio século de produção de máquinas móveis de britagem e peneiramento.

Pioneiros na concepção de britagem móvel, que consistia em levar as máquinas até as pedreiras para evitar o caro processo de levar o material até a máquina, a companhia foi ampliando suas operações, e em 1969 realizou sua primeira exportação, para a Suécia.

Porém, de acordo com a própria empresa, a Powerscreen não foi só pioneira no conceito de máquinas móveis, mas também estabeleceu novos padrões e tecnologias que foram depois adotadas por toda a indústria, como as peneiras móveis das gamas Chieftain e Warrior. Em 2015, a Powerscreen lançou a Warrior 600, o que fez desta gama a mais ampla oferta de produtos de classificação móvel do setor.

“A Powerscreen é essa história de trabalho em equipe, desde suas origens como Ulster Plant até a organização atual, que presta serviço a clientes em todo o mundo. Nossos clientes confiaram na gente e nos ajudaram a criar e definir o setor, além de criar formas de trabalho mais seguras. Através do trabalho em grupo, continuaremos encontrando novas soluções e oportunidades”, disse Collins Clements, diretor da linha de produtos Powerscreen.

Hoje, a marca tem presença em todo o mundo, e opera em escala internacional em mais de 80 países, com mais de 120 distribuidores, e 600 empregados que fabricam uma gama de mais de 300 máquinas.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
A evolução do manipulador telescópico da Skyjack
Skyjack produz uma linha completa de telehandlers com sete modelos
Eletrificação das máquinas de acesso está superando o ímpeto regulatório
Impulso em direção às máquinas de construção elétrica começou com a regulamentação governamental
Dados que impulsionam as máquinas
Como os fluxos de dados de monitoramento podem reduzir custos e emissões de carbono e talvez um dia permitir que as máquinas funcionem por conta própria
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL