Planta de dessalinização Los Pelambres faz progresso

By Gabriel Lira23 March 2021

Trata-se da primeira na zona central do Chile. O objetivo é contar como 95% de aguas provenientes da planta em 2025.

Minera Los Pelambres.

Uma estação de dessalinização na cidade chilena de Los Vilos é parte do projeto de construção que está fazendo a Mineradora Los Pelambres, na zona centro norte do país. Será a primeira da zona e iniciará suas operações em meados de 2022, permitindo que em 2025 a mineradora deixe de usar as águas do rio Choapa.

Até o momento o projeto tem 40% da execução pronta, incluindo várias infraestruturas complementárias. Com tudo, o projeto significará que a mineradora será a primeira em utilizar agua do mar para extrair e processar o cobre.

A planta deve produzir cerca de 400 litros por segundo de água dessalinizada. Ao respeito, Rodrigo Tapia, Gerente de Construção da INCO, disse que “o projeto considera investimentos de pouco mais de US$1,7 bilhão, entre a dessanilizadora e a construção de um sistema de impulsão de água salgada”.

Adicionalmente, espera-se que em pouco tempo seja apresentado o estudo de impacto ambiental do Projeto Adaptação Operacional, que duplicará a capacidade da planta hoje em construção. Com tudo, em 2025, 95% da agua utilizada na mina deve vir do mar ou de águas residuais.

A INCO, com o objetivo de continuar melhorando o projeto de mineração Los Pelambres, projeta instalar uma nova linha de moagem e outra de flutuação na planta concentradora de Chacay, com o objetivo de alcançar a maior taça de processamento do minério aprovada.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Por que é essencial digitalizar o setor da construção mexicana?
Coluna de Luis Herrera, chefe de vendas para a América Latina e Espanha, Procore
A magnitude e fomento do conceito ESG e da sustentabilidade
O que antes era tendência, agora é realidade. Considerando os indicadores dos três pilares (meio ambiente, social e governança corporativa), e a inerente preocupação - devida – das empresas, não há como negar que estratégias ESG trazem diversos benefícios para a percepção de valor, real, das companhias.
Compactação: declives suaves
Características excepcionais para um embalador de rolos seguro e eficiente
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL