Peru aposta em megaprojetos para impulsionar sua economia

By Cristián Peters10 January 2023

Em meio à complicada situação política/social no Peru, juntamente com um cenário internacional desfavorável, a CEPAL projetou em seu último balanço que o crescimento econômico deste ano seria de apenas 2,2% (em comparação com os 2,7% estimados para o ano passado).

Aeropuerto Lima foto LAP Ampliação Aeroporto Jorge Chavez. (Foto: LAP)

Em meio à complicada situação política/social no Peru, juntamente com um cenário internacional desfavorável, a CEPAL projetou em seu último balanço que o crescimento econômico deste ano será de apenas 2,2% (comparado com os 2,7% estimados no ano passado).

Neste contexto, o país precisa urgentemente buscar mecanismos para impulsionar sua reativação, o que implica, entre outras coisas, acelerar a implementação de grandes mega-projetos que contribuam para o crescimento do PIB e melhorem a competitividade da economia nacional, o que não só contribui para reduzir a brecha social e produtiva, mas também tem outros benefícios importantes. Uma delas é o aumento da capacidade produtiva do país, pois uma economia mais competitiva permite que as empresas produzam mais com os mesmos recursos. Além disso, uma economia mais competitiva freqüentemente gera novas oportunidades de emprego, já que as empresas precisam de mais trabalhadores para atender à crescente demanda por seus produtos ou serviços.

Alguns dos principais projetos de infraestrutura que impulsionarão a economia peruana (tendo em mente que alguns deles já estão em fase de construção) nos próximos anos são:

Terminal Portuário Multifuncional de Chancay

Localizado na província de Huaral, a construção deste projeto de US$ 3 bilhões poderia transformar o Peru no principal centro logístico da América do Sul.

A Cosco Shipping Ports Chancay, a empresa responsável pela construção do porto de Chancay, informou que o terminal portuário poderia iniciar as operações durante o quarto trimestre de 2024.

Majes Siguas II

Não livre de controvérsias e sujeita a várias suspensões, a reativação deste trabalho que exigirá investimentos de cerca de US$650 milhões poderá ser vista em breve. O planejamento da empresa Cobra, responsável pelo projeto, propôs a suspensão do reinício dos trabalhos até abril de 2023.

Terminal Portuário Muelle Sur Bicentenario

O megaprojeto de Muelle Bicentenario compreende a extensão do cais de Muelle Sur por 400 metros de comprimento até mais de 1 quilômetro de cais, bem como um adicional de 12 hectares (ha) para armazenagem de contêineres, para uma área total de 40 ha. Está previsto um investimento de US$ 731 milhões.

Lima e Callao Linha 2 do Metrô

A Linha 2 do Metrô de Lima será o primeiro metrô do país e se estenderá por 35 quilômetros (em 27 estações), conectando de Callao a Ate.

Este mega projeto de US$ 5.346 milhões, uma vez em operação (presumivelmente em 2024) poderá transportar 1.200.000 passageiros por dia.

Expansão do Aeroporto Internacional Jorge Chavez

Com investimentos de cerca de US$ 1,6 bilhão, o Aeroporto Internacional Jorge Chavez pretende se tornar o maior complexo aéreo da América do Sul. Até o momento, o projeto está bem encaminhado. Os trabalhos na Torre de Controle e na segunda pista estão 100% concluídos e a coordenação com a CORPAC e a Direção Geral de Aeronáutica Civil está em andamento para ter ambas as infra-estruturas operacionais até janeiro de 2023. O novo Terminal de Passageiros está 21% concluído em novembro de 2022 e estará pronto em 2025.

Rede Rodoviária No. 4

O Ministério da Economia e Finanças do Peru (MEF) incluiu no Plano Nacional de Infraestrutura Sustentável para a Competitividade (Pnisc) 2022-2025 o projeto da Rede Rodoviária Nº 4: Pativilca-Santa-Trujillo e Puerto Salaverry, que permitirá aos produtores conectar-se com a infra-estrutura portuária de Salaverry e Callao.

A Rede Rodoviária N°4 inclui investimentos de cerca de US$492,5 milhões.

Aeroporto Internacional de Chinchero

Aeropuerto Internacional de Chinchero – Cusco MTC Peru Aeroporto Internacional de Chinchero – Cusco. (Foto: Ministerio de Transporte y Comunicacionles - Perú)

Este projeto de US$580 milhões, que beneficiará o setor Chinchero, Urubamba, Cusco, terá início em outubro de 2022 e deverá ser inaugurado em 2025. Esta infra-estrutura aeroportuária terá capacidade para receber mais de 5 milhões de passageiros por ano.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Dicas para maior eficiência de equipamentos
Quatro dicas testadas ao longo do tempo para aumentar o tempo de atividade
AMMANN: Soluções competitivas e integradas
Com uma linhagem familiar de sucesso, a Ammann se destaca no cenário internacional desde 1869. Hans-Christian Schneider, atual CEO da Ammann, é a sexta geração a administrar a empresa que mantém sua curva de crescimento e notoriedade.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Matt Burk Gerente de vendasr Tel: +1 312 496 3314 E-mail: matt.burk@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL