Palfinger com DNA latino

By Cristián Peters Quiroga12 March 2021

A empresa de origem austríaca Palfinger tem uma importante conexão com a América Latina, não só por sua presença através da região, mas também porque em 2020 se tornou a principal proprietária da empresa argentina Andrés N. Berotto SAIC, especialista na fabricação de gruas articuladas e hidroelevadores da marca Hidro-Grubert. “Já éramos sócios minoritários antes e estivemos trabalhando de perto com a Hidro-Grubert em melhoramentos e lançamentos de novos produtos para atender não só o mercado local, mas também outros mercados da América Latina”, diz Tomás Castagna, gerente de vendas da Palfinger.

palfinger innovation day SP Brazil

A companhia hoje tem presença com sua linha de hidroelevadores na Argentina, Chile, Peru e Paraguai, e recentemente se expandiu para outros mercados da América do Sul, como Colômbia, Equador e Uruguai. “Para 2021, estaremos reforçando nossa presença no Brasil e também nos expandiremos a alguns locais da América Central e no Caribe”, afirma.

Assim, a empresa continua potencializando sua presença e oferta na América Latina. De fato, recentemente lançou uma nova série de hidroelevadores de cesto de 10 e 13 metros de altura de trabalho, que segundo o executivo trazem várias melhoras. “Agora nosso produto é 30% mais leve do que antes, e isto se conseguiu através do uso de aço de alta resistência fabricado na Europa e outras melhoras no projeto. Também melhoramos alguns dos componentes hidráulicos, como a válvula de controle, para ter uma operação mais eficiente e cômoda, facilitando o trabalho para nossos operadores”, explica.

Embora os cestos aéreos de alturas como estas são, para a Palfinger, os principais produtos de venda na região, de acordo com Castagna o mercado aumentou sua demanda por máquinas de maior alcance, e assim a empresa vem oferecendo produtos de 15, 18, 20 e 24 metros.

Do chão ao céu

As faixas de alcance dos equipamentos Palfinger são muito amplas e proveniente de diferentes partes do mundo, como EUA, Itália e Alemanha. “Dos EUA podemos oferecer cestos aéreos de 8 a 17 metros, modelos overcenter e algumas unidades especiais para montar em caminhonetes; na Europa temos um produto um pouco diferente, com geometria diferente, muito leve, que permite sua instalação em caminhonetes de 3,5 e 5,5 toneladas; da Itália oferecemos equipamentos de 9 a 28 metros; enquanto na Alemanha produzimos produtos premium com alturas que chegam a 100 metros; este produto está dirigido especialmente à energia eólica”, afirma Castagna.

Segurança

A segurança é, sem dúvida, um aspecto de especial atenção para a empresa, pois o mercado exige a cada dia mais e mais características de segurança nos equipamentos. “Isto se reflete no fato de que a Palfinger tem na segurança um de seus pilares, já que queremos entregar bons produtos, de longa vida útil e seguros para os operadores”, afirma o executivo. A empresa cumpre com os padrões internacionais como ANSI 92.2, oferecendo assim nivelamento automático do cesto, corte de emergência e válvulas de retenção, entre outras coisas.

Além de segurança e cumprimento de normas internacionais, Castagna afirma que observa uma tendência a produtos isolados em lugar de não isolados.

“Também é importante dizer que nossos produtos têm três anos de garantia para componentes estruturais e um ano para peças de desgaste”, conclui.

More Articles from Construção Latino Americana
Vendas da Volvo CE crescem no primeiro trimestre
Nos três primeiros meses de 2021, as vendas líquidas da Volvo CE aumentaram 23%
Nova escavadeira Liebherr R 928 G8
Nova adição à família da geração 8
Enel Green Power cancela contrato com Tozzi Latam
Da empresa de energia querem continuar o trabalho mantendo o pessoal atual para dar continuidade às obras.